Uma Palavra do Pároco

Uma Palavra do Pároco

Uma Palavra do Pároco
“Cristãos leigos e leigas, sujeitos na ‘Igreja em saída’, a serviço do Reino”

Passado o tempo da escuta, contemplação e conhecimento, agradeço a Deus que me conduziu ao encontro de uma paróquia viva, entusiasmada com tantos leigos engajados e maduros na fé que assumem com vontade, alegria e ardor a vida da paróquia. E com esse ardor levam para frente tantas atividades. Encontrei uma paróquia rica de movimentos e pastorais, e toda esta riqueza nos coloca já em harmonia e comunhão com a Igreja e em especial neste ano com a CNBB que nos convidou, nos chamou a viver o ano de 2018 dedicado ao laicato com o tema: “Cristãos leigos e leigas, sujeitos na ‘Igreja em saída’, a serviço do Reino”. De certa forma nossa paróquia já vive esta experiência devido à presença viva na nossa comunidade de tantos leigos engajados, que escolheram viver segundo o Evangelho. Isso me faz agradecer e continuar entregando à Deus estes irmãos que fazem da nossa paróquia, formada por muitos membros, um único corpo que se une para responder
ao chamado de Deus.
Em janeiro vivemos a festa do padroeiro de nossa paróquia, compartilho com vocês a alegria que senti ao perceber a profundidade, disponibilidade e entusiasmo com o qual todos os grupos e movimentos, em união com o Conselho Pastoral e festeiros, assumiram a festa de São Sebastião este ano. Uma das experiências marcantes foi poder admirar com os olhos e tocar com as mãos o coração aberto de tantas famílias que escolheram viver e partilhar com outras famílias mais necessitadas de nossa paróquia aquilo que receberam e com simplicidade ofereceram-se como dom para outros irmãos, momento vivido no domingo 07/01/18 com o almoço solidário. O Papa nos ensina bem o que é isso quando escreve: “Hoje e sempre, os pobres são os destinatários privilegiados do Evangelho, e a evangelização dirigida gratuitamente a eles é sinal do Reino que Jesus veio trazer. Há que afirmar sem rodeios que existe um vínculo indissolúvel entre a nossa fé e os pobres. Não os deixemos jamais sozinhos”!
Aproveito este momento de partilha para deixar aqui o meu muito obrigado a cada um por cada gesto, trabalho, doações seja de tempo seja dos bens colocado à disposição que fez da festa de São Sebastião este ano ser a festa da família paroquial.
Este ano fizemos a abertura do nosso ano pastoral dentro da festa de São Sebastião e escolhemos de prosseguir em sintonia com o Projeto Proclamar a Palavra: queremos também neste ano renovar e reafirmar o desejo e objetivo de continuar trabalhando em comunhão com a arquidiocese de Belo Horizonte.
Agradecendo ainda pelo passo do desmembramento vivido em 2017 pela paróquia, quero estender este sentimento de gratidão ao Pe. Rafael Rosário, pelo entusiasmo com o qual assumiu a paróquia de São Judas Tadeu, no bairro Palmeiras e o seu desejo de trabalhar em sinergia e na medida do possível em comunhão com a nossa paróquia. Por isso iremos ter ao longo do ano oportunidades de viver em conjunto alguns eventos como: teatro da paixão, missa da Alvorada, missa de São José Operário, de Nossa Senhora Aparecida e outras atividades que durante o ano iremos descobrir juntos.
Um abraço carinhoso e cheio de bênçãos a todas as famílias.
Pe. Luís Carlos