UMA PALAVRA DO PÁROCO

UMA PALAVRA DO PÁROCO

UMA PALAVRA DO PÁROCO
“Juntos para servir e crescer”
Mais um ano se finda, é tempo de olhar, refletir e, sobretudo agradecer pelas maravilhas operadas por Deus na vida comunitária de toda paróquia e de cada um pessoalmente, pois este foi um ano marcado e envolvido por mudanças. O Papa Francisco fala que: “a Igreja propõe à conclusão de cada ano e de todos os dias, um exame de consciência, para agradecer ao Senhor pelo que se recebeu e repensar as faltas cometidas”. Por isso louvo e agradeço a Deus pela partilha de vida neste primeiro ano, como pároco. Peço perdão por aquilo que não gerou vida, nem a presença de Deus. Como membro da Comunidade Missionária de Villaregia e irmão, quero alcançar e servir a todos com um coração em saída. De um modo particular e na simplicidade, desejei que este primeiro ano fosse um ano de escuta da realidade, da história, das escolhas pastorais, de conhecimento das pessoas e também deixar-me conhecer por cada um. Foi um tempo de olhar contemplativo da realidade na qual passei a fazer parte. No meu coração, nasce um profundo obrigado na alegria do encontro com Deus e entre nós. Em 2017, fomos envolvidos pela experiência do desmembramento da nossa paróquia que entregou como presente a capela da Santíssima Trindade à paróquia Sagrada Família e ao mesmo tempo em que presenteamos, fomos presenteados com a nova paróquia São Judas Tadeu que recebeu como dom as capelas do Divino Espírito Santo, São Marcos, Imaculada e São Judas, e com elas toda riqueza de dons. O futuro que nos espera, será construído no dia-a-dia, dando continuidade aquilo que já foi feito, mas que ainda tem muito a
ser feito. Queremos então estar abertos à ação do Espírito Santo a quem pedimos ajuda para sermos fieis à Palavra de Deus e que Ele guie nossos passos e escolhas. Viveremos como um tempo de graça e em comunhão com a Igreja o ano do laicato, que tem como tema: “Cristãos leigos e leigas, sujeitos na ‘Igreja em saída’, a serviço do Reino” e o lema “Sal da Terra e Luz do Mundo”. Por isso, desde já, agradeço a presença e o serviço de cada leigo, que é um dom precioso para a paróquia. Desejamos crescer, para que cada um encontre o seu espaço na construção do Reino e da nossa Igreja, a qual tem lugar para todos e que ninguém se sinta de fora. Iniciaremos nosso caminho, com a Festa de São Sebastião, Santo que é conhecido por ter servido a dois exércitos: o de Roma e o de Cristo. Sempre que conseguia uma oportunidade, visitava os cristãos presos, levava uma ajuda aos que estavam doentes e aos que precisavam. Que como graça desta festa, São Sebastião, nos ensine e ajude a enfrentar batalhas pelos outros, sem medir esforços para alcançar os irmãos que mais precisam e estão à espera, seja de uma palavra, oração, ajuda material ou espiritual. Assim sendo, todos somos convidados a preparar “A Ceia”,
que neste ano terá uma cor diferente, porque será organizada por todos os grupos da paróquia. Com a intercessão de São Sebastião vivamos a verdadeira Festa da Família Paroquial.
Um abraço afetuoso e Deus vos abençoe sempre.

Pe. Luís Carlos