11 conselhos para viver a Missa mais profundamente

11 conselhos para viver a Missa mais profundamente

11 conselhos para viver a Missa mais profundamente

Você não precisa de muita coisa para viver significativamente a Liturgia
A Missa é a forma de oração mais conhecida da humanidade. Mas nem sempre funciona. Abaixo, deixamos alguns conselhos que podem ajudar, caso você os siga com interesse e devoção.

1- Comece com uma oração em silêncio. 

Por exemplo:

“Senhor Jesus, estamos aqui reunidos para presenciar um milagre. Estamos unidos aos anjos e santos e, como disse João Paulo II, ‘Maria está presente com a Igreja e, como Mãe da Igreja, está em cada uma de nossas celebrações da Eucaristia’. Por sua intercessão, ajuda-me a sentir esta Missa de forma mais profunda”.

Observe as imagens de Maria e dos santos e anjos para reforçar a presença dela.

2- Reze por alguém durante a Missa
Não é necessário dizer o nome da pessoa, mas você sempre pode oferecer a Missa a alguém em particular. A Missa não terá um significado mais importante, mas poderá adquirir uma maior intensidade pessoal para você.

3- Quando a mente se distrair
Se você se distrair, observe o crucifixo ou o tabernáculo. Isso poderá fazer com que você deixe de “repetir as orações” e comece a rezar realmente. Enquanto você observa, ouça a liturgia ou as palavras dos salmos. Essas palavras vão devolver a sua concentração.

4- Se você tem medo de se aprofundar durante a Missa, pergunte-se o motivo
Geralmente, os pecados de nossa vida são as raízes do medo de sentir intimidade com Deus. Se pedirmos de forma sincera para podermos entender e enfrentar as fraquezas que nos freiam, poderemos reconhecê-las e verbalizá-las na Confissão.

5- Se você começar a julgar os outros durante a Missa…
Estamos programados mentalmente para nos fixarmos nas pessoas. Durante a Missa acontece o mesmo: a fraqueza das pessoas que nos rodeiam, os pontos fracos dos que estão à frente. Tente desviar sua atenção para os objetos utilizados na celebração: o altar, as velas, os cálices sagrados. Eles foram criados para elevar nossa mente.

6- Preste atenção ao “código” das leituras.
As leituras da Missa proporcionam duas linhas de significado muito valiosas. As palavras em si mesmas são, normalmente, chamamentos para uma vida melhor. Mas, se o simples significado não chama a sua atenção, procure o significado nas entrelinhas.

Observe como as leituras do Antigo Testamento se referem a Cristo. No salmo, faça a sua oração, ao invés de simplesmente repetir as frases. Na epístola, reflita sobre a frase que chamou mais a sua atenção. Encare isso como uma mensagem que você pode aproveitar e aplicar. No Evangelho, concentre-se no modo como Jesus reage diante das diferentes situações.

7- Ofereça-se com favores
Ofereça-se a Jesus com os seus favores. Diga: “Jesus, eu me coloco diante de ti com estas oferendas para que sejam tomadas e transformadas por sua graça”.

8- Viaje no tempo
Quando chegar o momento da consagração, deixe de estar simplesmente na missa com seus vizinhos. A Igreja ensina que você é testemunha não de uma nova representação, mas do sacrifício original de Jesus Cristo representado. Por isso, não se limite a observar o mesmo padre de sempre levantando novamente o cálice. Entenda que o que está acontecendo com este sacrifício e esta oferta a Jesus.

9- Reze em silêncio durante a elevação
É uma tradição antiga e útil rezar em silêncio “Meu Senhor, meu Deus” quando o padre eleva a hóstia sagrada e “Meus Jesus, misericórdia”, quando se levanta o vinho.

10- Reze na fila da Comunhão
Algumas das orações que eu aprendi com o passar dos anos são: “Maria, leva-me ao altar do amor”, “Meu anjo da guarda, aproxima-me de Jesus” e “Senhor Jesus, que está realmente presente no sacramento, eu me inclino diante de ti. Te amo”.

11- Finalmente, quando sair pela porta…
Tente se lembrar de algo da homilia ou do Evangelho e mencione isso a alguém. Repetir o que fez com que seu coração se comovesse torna a mensagem mais profunda.

A Missa será o que de melhor você fez neste dia. Aproveite!

Fonte: Aleteia